Categoria Cadeirante no Campeonato Brasiliense de Fisiculturismo 2012

Cadeirantes poderão participar do campeonato brasiliense de fisiculturismo em 2012, demonstrando que garra e força de vontade podem trazer resultados surpreendentes!

Para falar da categoria de cadeirantes no Fisiculturismo, seria interessante, antes, conhecer um pouco da história de Nick Scott, um grande exemplo de superação. Nick tinha uma vida normal até sofrer um acidente de automóvel em 1998, esse trágico momento de sua vida, acabou o deixando em uma cadeira de rodas. A vontade de lutar e continuar vivendo fez a diferença e Nick se transformou em um campeão. Uma pesada rotina de exercícios aliados a uma alimentação balanceada transformou seu físico obeso em um corpo escultural com reconhecimento mundial.

Esta é apenas uma das muitas histórias de superação que acontecem dia a dia em todas as partes do Mundo. Os fisiculturistas sobre cadeiras de rodas são grandes exemplos de vida. O treinamento de alto rendimento para atletas cadeirantes exige uma dedicação, ainda mais complexa, principalmente pelo fato de que existem poucas academias com acessibilidade para essa necessidade especial.

O primeiro campeonato oficial de fisiculturismo com a categoria de cadeirantes aconteceu em 2008, na Polônia. Nessas competições de fisiculturismo, os atletas são observados e julgados por quatro critérios, três objetivos (volume, definição e proporção) e um subjetivo (harmonia) que é utilizada também para desempate.

1 – Volume muscular: O atleta deve apresentar grande massa muscular;

2 – Definição: Ter pouca quantidade de gordura entre a pele e os músculos, para facilitar a visualização dos contornos musculares;

3 – Proporção corporal: A parte superior do corpo deve apresentar desenvolvimento proporcional, a irregularidade de alguma parte desqualifica o candidato. Quem contar com a maior somatória desses três critérios será o vencedor, ou no caso de empate utiliza-se o quarto critério;

4 – Harmonia: A simetria, o conjunto das formas do atleta. O melhor shape, ou seja, cintura fina, tórax volumoso, ombros largos, tem mais chance.

Todas as avaliações são feitas por árbitros oficiais da IFBB que observam as características individuais de cada atleta, analisando o corpo de acordo com a altura da lesão dorsal de cada um. Os homens competem em categorias de peso leve, médios e pesados, enquanto as mulheres concorrem em uma única classe.

A FEBRAFIM/IFBB Brasília irá incluir a categoria de cadeirante no campeonato brasiliense de fisiculturismo de 2012.

“Quem anda desanimado, achando que as barreiras a serem superadas na vida são muito árduas, deve aprender a lição destes atletas que desafiam as limitações naturais que a vida lhes impôs para mostrar que a vontade de vencer é capaz de feitos grandiosos.”

Texto original de Lelo Nirvana.

A seguir, um vídeo sobre a história de vida de Nick Scott:

Anúncios

0 Responses to “Categoria Cadeirante no Campeonato Brasiliense de Fisiculturismo 2012”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




MHP no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Encontre MHP


%d blogueiros gostam disto: