Aminoácidos ajudam na recuperação pós-treino

O DESGASTE FÍSICO CAUSADO PELAS ATIVIDADES FÍSICAS REGULARES PODE CONTRIBUIR PARA UM DÉFICIT DE AMINOÁCIDOS, SUBSTÂNCIAS IMPORTANTES PARA A RESISTÊNCIA MUSCULAR E NA RECUPERAÇÃO DA SENSAÇÃO DE FADIGA APÓS OS TREINOS.
Luciane Vieira, nutricionista do esporte, explica ainda que alguns desses aminoácidos não são fabricados pelo organismo e vêm da nossa alimentação diária. “Por isso os esportistas e atletas, que têm uma perda maior dessas substâncias, precisam repor esses aminoácidos com maior atenção.”

A leucina, a isoleucina e a valina são alguns desses aminoácidos chamados de “essenciais”. “A atenção com esse grupo de aminoácidos é importante, pois a falta deles pode causar um maior gasto proteico durante os treinos, e isso leva a uma maior sensação de fadiga e diminui a resistência muscular, comprometendo os resultados dos exercícios praticados”, diz Luciane.

Esportes como a corrida ou o ciclismo, que envolvem movimentos repetitivos e que precisam de resistência para que os treinos mais longos sejam efetivos nos resultados do exercício, precisam dessa complementação aminoacídica para garantir a qualidade dessas rotinas.

“Atualmente, alguns esportistas ainda preferem a leucina pura, o que intensifica ainda mais essa reposição de aminoácidos”, afirma a especialista.

Creatina, outro aminoácido importante para os esportistas, voltou ao mercado após aprovação da Anvisa

A creatina é outro aminoácido importante para quem realiza atividade física. Ao contrário dos aminoácidos “essenciais”, a creatina é produzida pelo corpo humano, mas no caso de esportistas regulares pode haver um déficit desse elemento.

“Após revisões de artigos científicos e consulta a especialistas, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a venda desse aminoácido no Brasil, desde que limitado à ingestão diária de 3 gramas”, diz Luciane.

A creatina, de acordo com a especialista, melhora o desempenho em esportes em que a explosão muscular e força são usadas constantemente (ou seja, quando a atividade esportiva é intensa). Mas é bom ter cuidado, avisa a nutricionista do esporte. “O uso constante e sem acompanhamento profissional pode levar a problemas de saúde, pois o corpo pode parar de produzir a creatina caso haja uma concentração exógena – ingerida em forma de suplemento – muito alta. A consulta e acompanhamento de um nutricionista é ainda mais importante no caso de necessidade de ingestão de creatina”, alerta Luciane.
Fonte: Uol

Posts relacionados:

Anúncios

0 Responses to “Aminoácidos ajudam na recuperação pós-treino”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




MHP no Twitter

  • Já está aberto para negociações! Tenha os produtos da MHP na sua loja. A equipe toda da MHP / Nutri Import já... fb.me/6zo4073Em --- 2 months ago
  • Novas camisas basqueteiras MHP Brasil. Padrão @fitclothingline , um modelo mais moderno e mais confortável. Peça já a sua.:basketball: --- 3 months ago
  • Considerado a evolução do HMB, HICA BOMB apresenta o novo composto, mostrado em estudos clínicos para apoiar um... fb.me/2NmsskTfg --- 5 months ago

Encontre MHP


%d blogueiros gostam disto: