Perda de Peso e Manutenção Muscular

Por Adam Paz, Especialista em Nutrição da MHP

Um dos maiores desafios no fisiculturismo ou musculação em geral é a manutenção ou até mesmo aumento do tecido muscular enquanto você tenta perder gordura. Fazer isso requer um equilíbrio cuidadoso entre uma quantidade suficiente de exercícios (perda de calorias) e ingestão de alimentos precisa (consumo de calorias). Mas para isso não existe ciência exata – simplesmente envolve um direcionamento fisiológico para consumo de calorias e perda de gordura, em conjunto com um treinamento que permita a maximização muscular e aumento da resistência.

Treinamento cardiovascular pela manhã é a melhor opção para perda de gordura, pois os níveis de insulina estão menores. Além disso, concentrações de hormônio do crescimento (GH), que são os hormônios com grande poder de queimar gordura, estão reduzindo e menos glucose está na sua corrente sanguínea para ser queimado, deixando as gorduras como perdas dominantes. Este é o melhor momento para queimar gordura para obter energia. Mantenha a sessão cardiovascular por não mais do que uma hora; 45 minutos são mais apropriados. Mais do que isso fará com que você perca também músculos.

Além disso, tente não ficar com muita fome. Quando você faz isso, possibilita a fuga da dieta. Fica com vontade de comer alimentos não-saudáveis, fica inquieto e, eventualmente, sucumbe à tentação. Mesmo se for comer de forma saudável, você tende a comer em exagero.

Boa parte do que as pessoas comem hoje em dia possui grande concentração de gorduras ou carboidratos juntos na mesma refeição. Para melhor saúde e corpo saudável, evite comer carboidratos e gorduras juntos. O motivo é que esses carboidratos de qualquer tipo vão causar a liberação de insulina em proporções de absorção, que se ficarão armazenados na sua corrente sanguínea. Gorduras, por outro lado, ficam armazenadas, já que não necessitam de processos químicos ou transporte para se tornarem gorduras no corpo. Nosso corpo prefere utilizar carboidratos como fonte de energia. Por isso, tente não comer carboidratos e gorduras juntos. Algumas gramas de gordura saudável são permitidas. Tente comer 15 gramas de gordura para cada 50 gramas de carboidratos por vez, assim como comer proteína a cada refeição.

Tente, também,  não comer  carboidratos     quando não for necessário. Coma apenas a quantidade suficiente de carboidratos para ajudar no seu treinamento e melhorar a recuperação. Qualquer outro carboidrato deve vir dos vegetais.

No caso de suplementos naturais, óleo de peixe é uma ótima opção para ser inserida na dieta. Ele ajuda a aumentar sua sensibilidade para carboidratos, o que significa que você o utilizará mais do que o armazenará no corpo.

Quando falamos de estímulo à perda de gordura, o melhor produto existente atualmente no Mercado é o DREN. Com apenas uma cápsula ao dia, DREN vai ajudar na redução do apetite, queimar constantemente gordura durante o dia e te deixar de “bom humor”.

Comer determinadas frutas, como laranjas e toranjas vão ajudar na perda de gordura, devido aos seus efeitos de estímulo. Mas comê-las próximo ao horário de dormir não é uma boa idéia, pois elas aumentam os níveis de insulina. O único horário em que você precisa de aumento de insulina é no pós-treinamento.

Preferencialmente, entre uma hora antes de dormir, se você sentir fome, coma um pedaço de queijo do tipo ricota. Ele vai possibilitar que seu corpo faça a digestão de proteína, que será quebrada pelo seu corpo lentamente e utilizada durante a noite.

Se você não gosta de ricota, um ótimo substituto é o Probolic-SR, que consiste em uma mistura de proteínas em um shake. Ele funciona como a ricota funcionaria. Os dois possuem cálcio, que promove uma melhor noite de sono. E não se preocupe se seu corpo armazenar o shake ou a ricota como gordura. Nosso sistema digestivo continua trabalhando, mesmo durante o sono.

Como em qualquer programa, é importante que você mantenha um sólido nível de exercícios, para conseguir queimar gordura enquanto mantém o músculo. Levantamento de peso e atividades cardiovasculares são as formas mais comuns de se exercitar. A recomendação é fazer atividades físicas 3 vezes por semana em cada categoria. Como se exercitar depende do seu nível de atividade.

Um grande problema com exercícios voltados para perda de peso é que as pessoas se confundem com o tipo de treinamento que devem fazer. Na maioria das vezes, a musculação é deixada de lado pelos exercícios cardiovasculares em excesso para queima de gordura. Mas essa não é a melhor forma de se exercitar. Muita atividade aeróbica e a falta de musculação podem reduzir a quantidade de músculos que você possui, além de aumentar os riscos com osteoporose. Lei de Wolf: “A forma ou densidade do osso são diretamente relacionadas à força do músculo.” Acredite ou não, a principal causa de perda de densidade óssea está relacionada à falta de exercícios.

Como em qualquer parte da saúde, dieta específica e exercícios são os elementos básicos para manter a saúde em dia. Veja alguns exercícios básicos que vão auxiliar na manutenção do músculo, bem como na queima de gordura.

Anúncios

0 Responses to “Perda de Peso e Manutenção Muscular”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




MHP no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Encontre MHP


%d blogueiros gostam disto: